Colesterol Alto: uma dieta saudável pode salvar vidas

Colesterol é um conjunto de gorduras necessárias para o organismo exercer algumas funções, como a produção de determinados hormônios, tais como vitamina D, testosterona, estrógeno, cortisol e ácidos bilares que ajudam na digestão dessas gorduras.

Quando está elevado, é prejudicial à saúde, pois aumenta o risco de desenvolver doenças cardiovasculares, maior causa de morte no mundo, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). O colesterol está presente em alimentos de origem animal como carne, leite integral e ovos.

Nosso sangue é composto por dois tipos de colesterol: LDL, que é conhecido como ruim por entrar nas artérias, provocando seu entupimento; e o HDL, conhecido como bom, por retirar o excesso de colesterol das artérias, impedindo seu depósito e diminuindo a formação da placa de gordura.

A sociedade Brasileira de Cardiologia recomenda para pacientes que tem risos cardiovascular alto, que o LDL deve ficar abaixo de 70mg por Dl. Os pacientes que tem risco cardiovascular alta são aqueles que têm maior risco de Infarto Agudo do Miocárdio (ataque cardíaco) e Acidente Vascular Encefálico ( Derrame).

Os alimentos que devem ser ingeridos com moderação são: bacon, chantilly, ovas de peixes, biscoitos amanteigados, doces cremosos, peles de aves, camarão, queijos amarelos, carnes vermelhas gordas, gema de ovos, sorvetes cremosos, creme de leite, lagosta, porque são ricos em colesterol ruim.

Já os alimentos que ajudam a reduzir o colesterol são: aipo, couve-de-bruxelas, ameixa preta, couve-flor, mamão, amora, damasco, mandioca, azeite de oliva, ervilha, pão integral, aveia, farelo de aveia, pêra, cenoura, farelo de trigo, pêssego, cereais integrais, feijão, quiabo, cevada, figo e vegetais folhosos.

Para manter os níveis de colesterol regulares é necessário uma alimentação saudável e inserir na rotina a prática de atividade física. Uma dieta rica em verduras, legumes, frutas e carnes magras ajuda na prevenção ao colesterol alto, e para verificar as taxas do colesterol e necessário realizar periodicamente exames clínicos.

A prevenção é sempre o melhor remédio!